Com mudanças climáticas, Ribeirão Preto começa a sofrer com o aparecimento de escorpiões.

Nós da Tela Bella – Telas mosquiteiro em Ribeirão Preto, estamos recebendo só este mês muitíssimas chamadas por conta do vilão da vez: os escorpiões. E por este motivo decidi preparar este post com algumas informações à respeito dele. Estes animais habitam frestas em pedras, pedaços de madeiras e troncos podres. Em busca de novas fontes de alimentos, eles invadem cidades e instalam-se sob restos de materiais de construção, entulho, madeiras empilhadas, ralos, esgotos etc. Em vida livre vivem em média de três a quatro anos.

MUDANÇA CLIMÁTICA

Devido às alterações climáticas, aqui em Ribeirão Preto e Região, estes animais têm se apresentado ativos durante o ano todo. Nesta época do ano, vinda de forte calor e de chuvas frequentes os escorpiões saem dos seus esconderijos em busca de alimento.

A limpeza e a eliminação de qualquer tipo de insetos na sua casa (que servem de alimento ao escorpião) , são a principal medida de controle. Geralmente, os escorpiões entram nas casas pelas redes de esgoto. Por isto é importante vedar ralos com telas, caixas de gordura e tanques para evitar seu aparecimento. Vedar soleiras de portas e janelas, evitar plantas próximas às paredes das casas, retirar todo o entulho, tijolos, telhas acumuladas em quintais, assim como rebocar paredes e pisos internos e externos também são medidas necessárias. Até o momento não existe nenhum veneno comprovadamente eficaz.

CUIDADOS

Para evitar escorpiões nas residências, alguns cuidados são essenciais, tais como:

Na área externa do domicílio:

– manter limpos quintais e jardins,
– não acumular folhas secas e lixo domiciliar;
– acondicionar lixo domiciliar em sacos plásticos ou outros recipientes apropriados e fechados, e entregá-los para o serviço de coleta.
– Não jogar lixo em terrenos baldios; limpar terrenos baldios situados a cerca de dois metros (aceiro) das redondezas dos imóveis;
– evitar a fontes de alimento para os escorpiões: baratas, aranhas, grilos e outros pequenos animais invertebrados;
– evitar a formação de ambientes favoráveis ao abrigo de escorpiões, como obras de construção civil e terraplenagens que possam deixar entulho, superfícies sem revestimento, umidade, etc.;
– remover periodicamente materiais de construção e lenha armazenados, evitando o acúmulo exagerado;
– evitar queimadas em terrenos baldios, pois desalojam os escorpiões;
– remover folhagens, arbustos e trepadeiras junto às paredes externa e muros;
– rebocar paredes externas e muros para que não apresentem vãos ou frestas.

Na área interna do domicílio alguns cuidados também são precisos como:

– rebocar paredes para que não apresentem vãos ou frestas;
– vedar soleiras de portas com rolos de areia ou rodos de borracha;
– reparar rodapés soltos.
– colocar telas Mosquiteira nas janelas;
– colocar telas nas aberturas dos ralos, pias ou tanques;
– telar aberturas de ventilação de porões e manter assoalhos calafetados;
– manter todos os pontos de energia e telefone devidamente vedados.

Nos casos de acidente a equipe de Saúde orienta a vítima a procurar um hospital o mais rápido possível levando se possível o exemplar do animal que causou o ferimento, para que os profissionais de saúde possam identificá-lo e indicar a melhor conduta para o caso.

Caso necessite de orientações quanto ao manejo ambiental periódico para evitar a proliferação de escorpiões, entrar em contato com o Centro de Controle de Zoonoses

Unidade de Vigilância de Zoonoses
Localização: Av. Eduardo Andrea Matarazzo, 4255 – Marincek – Ribeirão Preto – SP
Telefones: 3628-2015
Disque Dengue: 0800 7750123

Se necessário, será agendado a visita da equipe de Controle de Vetores no local.

Sintomas

No caso de acidente por escorpião, imediatamente se instala um quadro local com dor intensa, edema e eritema discreto, sudorese localizada em torno do ponto da picada e piloereção. Em casos mais graves a pessoa afetada pode apresentar tremores, náuseas, vômitos, arritmia cardíaca e choque. As crianças, os idosos e os cardiopatas são os grupos com maior risco de morte e devem ter atendimento médico rápido. Em apenas 15 minutos, o quadro pode se agravar com desfecho trágico.

Em crianças de pouca idade e pouco peso, uma picada de escorpião amarelo pode levar a morte se o socorro não for imediato. A picada do escorpião preto é muito dolorosa, mais dificilmente mata. A classificação dos acidentes depende dos sintomas apresentados.

Caso necessite de telas mosquiteira, para vetar janelas e portas, nos procure. Esta é a nossa especialidade. Entre em contato através do (16) 99783-8787 (whatsapp).

Veja alguns dos nossos serviços em: www.facebook.com/telamosquiteirotelabella/
Siga-nos no Instagram: @tela_bella_telamosquiteiro

Gostou do Post, quer dar alguma sugestão, ou tem alguma duvida? Comente aqui embaixo, responderemos pra você em breve.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s