Áreas mais próximas à zona rural são as mais afetadas.

Da Redação

Olá gente do bem!!! só para comunicar que vai começar a estação da primavera em 23 de setembro e termina no dia 22 de dezembro e neste período os queridinhos besouros, gostam de nos visitar.

OSVALDO CRUZ – Os bairros mais próximos das áreas rurais são os mais afetados, além é claro dos moradores em chácaras, sítios e fazendas nesta época do ano.

Com o início das estações mais quentes do ano, começam a surgir aqueles “tradicionais” besourinhos marrons.

Esta infestação é comum nessa época do ano, pois no começo da primavera, ocorre a dispersão deles para que encontrem um local para se reproduzir.

Os especialistas afirmam que o surgimento dos besouros não está relacionado ao desmatamento, nem com o aumento do plantio da cana-de-açúcar na região, é comum vários besouros  procurarem a zona urbana, porém em grande quantidade pode ser um desequilíbrio ambiental, ou seja, pode estar havendo a diminuição dos predadores de insetos, que são anfíbios e aves.

É a revoada de reprodução nessa época do ano, que coincide com o início da primavera e estende em dias quentes do verão. Nos meses anteriores, os besouros passam pela fase larval e agora estão partindo para a fase adulta. Nesse processo natural de reprodução, após a fecundação, as fêmeas depositam os ovos e encerram seu ciclo de vida. É um período que normalmente se inicia em outubro e prossegue até fevereiro, mas possivelmente, a partir da segunda quinzena de dezembro, os besouros começam a desaparecer.

Os insetos incomodam? Sim!. Porém são inofensivos, não são transmissores de doenças, por isso, a população não precisa se preocupar com a presença deles. Eles só causam incômodo mesmo. Então, como são atraídos pela luz, uma saída é manter as janelas fechadas ou com telas ou trocar lâmpadas brancas por amarelas para diminuir o problema.

POR QUE INVADEM AS RESIDÊNCIAS?

Eles aparecem mais no período noturno atraídos pela luz, e acabam entrando nas residências e incomodando ou assustando os moradores. A tendência é que apareçam ainda com maior intensidade com a chegada do verão.

É um besouro de pernas espinhentas, porém, inofensivo. Não morde, não tem veneno e não faz nenhum mal às pessoas. Também não transmite doenças, pois ele se cria nas áreas de campos e lavouras.

Ou seja, eles não vieram de fora, apenas tem nesta época do ano condições muito favoráveis para a procriação muito provavelmente por uma menor mortalidade das suas larvas, que vivem no solo e são atacadas por fungos.

Poucos deles se alimentam depois de se transformarem em besouros adultos. Assim, estes surtos de besouros duram poucas semanas e é bem provável que em novembro não incomodem mais.

Não há com o que se preocupar com estes besouros. O inconveniente de eles entrarem nas residências pode ser resolvido com o fechamento das janelas durante à noite ou então, com a colocação de telas mosquiteiro nas janelas. Não deixar luzes externas acesas, como em garagens, varandas e pátios também ajuda.

Então amigos, apenas se previne pelo incômodo, não existe a necessidade de exterminá-los, pois são componentes da fauna local.

Caso necessite de telas mosquiteira, para vedar janelas e portas, nos procure. Esta é a nossa especialidade. Entre em contato através do (16) 99783-8787 (whatsapp).

Veja alguns dos nossos serviços em:

http://www.facebook.com/telamosquiteirotelabella/

Siga-nos no Instagram: @telabellarp

Gostou do Post, Compartilhe, quer dar alguma sugestão, ou tem alguma duvida? Comente aqui embaixo, responderemos pra você em breve.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s